Sortilégio…

 
chaplinRJDiferentes nações, diferentes destinos, somos nós raça humana, peregrinos…
Decolando de Cabo Frio, pedi ao zelador caneta e papel, esta combinação que liberta. Municiando a nave na garagem, recordei Sun Tzu: a melhor posição a ser conquistada é aquela em que não valha à pena atacar. Bom… Mais uma experiência familiar positiva, férias na praia, crescemos todos, penso seja o que Peter Drucker chama cross training. Donde concluo que nossas famílias sejam oriundas de uma anterior combinação de Amor. Encaixando nossos amigos que – poucos em verdade – são nossos “coringas” para vencermos o jogo. Tocou a “engenhoca” celular, recebo telefonema estabilizador, estou sendo lembrado para importante concurso, e inda carregando minhas atuais limitações, recebi oferta também para o patrocínio da inscrição. Rsrs…
Intrigante é descobrirmos em um grupo de pessoas, anteriormente desconhecidas, algumas realmente significativas por nossa natural e instantânea empatia? Considerem que estou realmente falando muito além dos protocolos educacionais. Estive algum tempo atrás, por exemplo, em evento de alto nível acadêmico, e de repente senti absoluta familiaridade com o palestrante, com o qual “trocamos correspondência”, de certa forma, até então. Sabido, que tais arranjos não são meramente fortuitos, e sim oportunidades do Criador!
 
Intrigando-nos além, lembro aqui certo filme recomendado no curso de minha especialização em Docência. Película, que nós alunos em princípio, entendemos como simples dever-de-casa. Só que este, tendo como protagonistas o presidente dos EUA, um escritor Nobel e uma física, levam-nos em seu contagiante diálogo, a espetacular deslumbramento. Quando a física, numa fotografia de mosteiro medieval, às margens do mediterrâneo francês, alude exemplificar em aumentarmos o núcleo do átomo ao tamanho de uma laranja disposta sobre a mesa; teríamos os elétrons orbitando aproximadamente à linha do oceano visualizado (30 metros de distância). Então todos param a pensar no que estaria preenchendo o raio estabelecido pelo núcleo…
Concluindo, a física acabara de demonstrar que somos tudo do nada!
Só sei que nada sou, sei que nada sei…
 
José Carlos Paiva Bruno
OABRJ 73304  
Anúncios
Esse post foi publicado em Entretenimento. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Sortilégio…

  1. Pe Jota disse:

    Bacana o blog. Gostei do post. Parabéns!

  2. otavio disse:

    Legal o blog. Parabéns.

  3. Katalin disse:

    O blog tomou vida através da magia dos sentimentos rabiscados em trejeitos terceiros porém de viva alma! De tal maneira que utilizas, quiçá o "sortilégio" com bossa. José Carlos, acredito que Parabéns será uma constante a cada novo "sortilégio" seu para conosco!!! Creio em sortilégios volantes, positivos, ditos brancos! Vc. deixa isso vívido! obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.